Dia 08 de dezembro, foi realizada em Feira de Santana, o workshop com a Federação Baiana de Ciclismo (FBC) e os Organizadores de Eventos. No workshop sempre é debatido melhorias para as provas e para os atletas, além de fechar o calendário para o ano seguinte. É de suma importância a presença de todos os organizadores nesse evento, pois é o momento onde descutimos os pontos positivos e negativos dos eventos que foram realizados em 2018 para que possam melhorar em 2019. Teremos muitas novidades em 2019, mas os grandes destaques foram: a criação do ranking regional onde foram distribuídas as provas de acordo com as regiões mais próximas de cada evento. Dessa maneira o atleta da região pontuará só na sua região, ou seja, o atleta não precisará ir em todas as provas (como foi em 2018) e os custos dos atletas irão diminuir; O atleta terá três chances de conquistar um título: de campeão regional, de campeão do Ranking geral e campeão Baiano. Outra novidade para 2019 é que será ccriado um "fundo de caixa", ou seja, todas as provas de XCM, cada atleta inscrito no evento, o organizador doará R$ 2,00 por atleta para esse fundo que somará todas as provas de XCM e no final do ano, os três primeiros atletas do ranking Estadual das categorias: elite feminino, elite masculino, sub 30, júnior, máster A1, máster A2, máster B1, máster B2, máster C1 e máster C2 receberão uma premiação em dinheiro desse fundo de caixa (do ano todo). O sorganizadores de eventos farão o pagamento da taxa de arbitragem que é no valor de R$ 10,00 por atleta inscrito + R$ 2,00 (fundo de caixa) = R$ 12,00. A FBC divulgará o valor arrecadado em todos os eventos (será atualizado o saldo a cada evento).

 

A Federação Baiana de Ciclismo e os Organizadores de Eventos acreditam que esses novos itens das "Normas e Procedimentos" (serão inclusos todos os itens debatidos e aceitos na reunião do dia 08 de dezembro nas "Normas e Procedimentos" já existentes) ajudarão no crescimento do esporte e também na qualidade dos eventos, já que provavelmente teremos mais atletas inscritos nas competições já que a disputa será por região. Vale lembrar que os atletas poderão participar de qualquer competição mesmo fora da sua "região", porém não irão pontuar. A pontuação só será computada quando for disputar na sua região. Os benefícios só serão para os atletas filiados/renovados no ano vigente (2019). As filiações e renovações poderão serem feitas a partir de janeiro de 2019.